grafico
grafico
Mauricio Rebelo

Vice-Presidente Sênior da Prática de Transformação, McKinsey

Mauricio Rebelo é Vice-Presidente Sênior da Prática de Transformação da McKinsey & Company no escritório do Rio de Janeiro. Liderou grandes programas de transformação de performance em diversas indústrias, de Metais e Mineração a Bens de Consumo.

Em seus projetos recentes, atuou como Diretor de Transformação de uma mineradora de cobre e liderou o turnaround que permitiu a geração de caixa 3 meses após o início do programa, resgatando a empresa de uma grave taxa de consumo de fluxo de caixa. Liderou o programa de transformação de performance de dois ativos de mineração no Brasil, sendo responsável pelo desenvolvimento, governança e execução de programas que geraram melhorias de 1,5x e 2,5x nas metas de EBTIDA. Como COO de um varejista líder no setor de vestuário no Brasil, diminuiu os custos de fabricação em mais de 10% em um ano, redesenhou a infraestrutura de logística e reestruturou os departamentos de planejamento e compras para obter uma melhor eficiência e crescimento futuro. Gerou crescimento de dois dígitos do EBITDA durante a desaceleração do mercado. Como CFO de um provedor de serviços de saúde do Brasil, obteve financiamento e integrou novos ativos, gerando um aumento de 10 vezes na receita em 2 anos e executando uma estratégia de consolidação do mercado.

Antes de ingressar na Prática de RTS da McKinsey, Rebelo ocupou cargos em multinacionais como Anglo American, Unilever e Actis (Private Equity) assim como em empresas familiares no Brasil em situações de transformação ou turnaround.

Possui MBA pela Harvard Business School e é formado em Engenharia Industrial pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Mauricio Rebelo é Vice-Presidente Sênior da Prática de Transformação da McKinsey & Company no escritório do Rio de Janeiro. Liderou grandes programas de transformação de performance em diversas indústrias, de Metais e Mineração a Bens de Consumo.

Em seus projetos recentes, atuou como Diretor de Transformação de uma mineradora de cobre e liderou o turnaround que permitiu a geração de caixa 3 meses após o início do programa, resgatando a empresa de uma grave taxa de consumo de fluxo de caixa. Liderou o programa de transformação de performance de dois ativos de mineração no Brasil, sendo responsável pelo desenvolvimento, governança e execução de programas que geraram melhorias de 1,5x e 2,5x nas metas de EBTIDA. Como COO de um varejista líder no setor de vestuário no Brasil, diminuiu os custos de fabricação em mais de 10% em um ano, redesenhou a infraestrutura de logística e reestruturou os departamentos de planejamento e compras para obter uma melhor eficiência e crescimento futuro. Gerou crescimento de dois dígitos do EBITDA durante a desaceleração do mercado. Como CFO de um provedor de serviços de saúde do Brasil, obteve financiamento e integrou novos ativos, gerando um aumento de 10 vezes na receita em 2 anos e executando uma estratégia de consolidação do mercado.

Antes de ingressar na Prática de RTS da McKinsey, Rebelo ocupou cargos em multinacionais como Anglo American, Unilever e Actis (Private Equity) assim como em empresas familiares no Brasil em situações de transformação ou turnaround.

Possui MBA pela Harvard Business School e é formado em Engenharia Industrial pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).